Itororo.net, o site da cidade de Itororó, em Bahia (Brasil)
Restaurante e Pizzaria Vitrine

Traduzir WEB

 Jun   Julho 2018   Ago

DSTQQSS
  1  2  3  4  5  6  7
  8  91011121314
15161718192021
22232425262728
293031 
Julianna Walker Willis Technology

O Tempo

O mais lido

Fome Zero
Doe sangue, doe vida

Denúncia o Desmatamento!

Vigie a Amazônia e proteste contra a destruição da floresta
DIGA NÃO a dengue e a malária
Banner
Monitored by eXternalTest
Mar
10
2010
Saúde autoriza mais seis UPAs na Bahia PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Noticias - Trabalho e Saúde
Estado vai receber R$ 9,6 milhões para construir Unidades de Pronto Atendimento. Até 900 mil pessoas serão beneficiadas com serviços de assistência 24h

O Ministério da Saúde liberou recursos para a construção de mais seis Unidades de Pronto Atendimento (UPA) na Bahia. Elas vão funcionar em seis municípios, segundo portarias publicadas no Diário Oficial da União (veja tabela). O estado receberá do governo federal R$ 9,6 milhões para obras e compra de equipamentos e, após a inauguração, mais R$ 750 mil serão destinados ao custeio mensal das atividades. Os novos serviços vão oferecer assistência de urgência e emergência 24h por dia e ajudar a desafogar os prontos-socorros dos hospitais locais, reduzindo filas.

Juntas, as seis unidades vão responder demandas de uma região com até 900 mil pessoas. As UPAs são divididas em três portes, conforme a capacidade de atendimento. Do total de novos serviços, três são do tipo I, com até 8 leitos e estrutura para atender 150 pacientes por dia cada uma, e três do tipo II, com até 12 leitos e capacidade para atender 300 pacientes por dia cada uma.

Até o momento, o Ministério da Saúde liberou recursos para a construção de 25 UPAs na Bahia, um investimento de R$ 44 milhões em 2009 e 2010. Em todo o país, foram autorizadas 329 Unidades de Pronto Atendimento. O governo federal liberou R$ 656,2 milhões para obras e compra de equipamentos. A previsão é chegar a 500 unidades até 2010. O andamento das obras é de responsabilidade dos municípios.

As Unidades de Pronto Atendimento oferecem serviço de Raio X, laboratório para exames, aparelho de eletrocardiograma e atendimento pediátrico. Nelas, a população poderá resolver problemas como pressão alta, febre, cortes, queimaduras, alguns traumas e receber o primeiro atendimento para infarto ou Acidente Vascular Cerebral (AVC), entre outras enfermidades. Quando o paciente chega à unidade, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por até 24h.

O projeto UPA 24h é uma iniciativa do Ministério da Saúde para reorganizar o fluxo de atendimento na rede pública, com o objetivo de melhorar a assistência oferecida à população. As unidades estão integradas à rede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), à rede básica de saúde e à Estratégia Saúde da Família. Criada em 2002, a proposta integra a Política Nacional de Atenção às Urgências e Emergências e baseou-se em experiências de sucesso em cidades como Campinas (SP), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG) e Rio de Janeiro (RJ).

A experiência do estado do Rio de Janeiro, que possui 26 UPAs em funcionamento, demonstra a eficiência desses serviços no atendimento de urgência e emergência, resolvendo grande parte dos problemas sem necessidade de encaminhar o paciente para o hospital. Levantamento feito em 22 unidades, apontou que, de maio de 2007, quando foi inaugurada a primeira unidade da rede (no bairro Maré da cidade), até 22 de dezembro de 2009, 3.699.290 de pacientes foram atendidos. Desse total, apenas 21.632 (0,58%) precisaram ser removidos para hospitais. Isso significa que 99,42% dos casos foram solucionados nas próprias UPAs.

As cidades interessadas em construir unidades devem ter o serviço de SAMU 192 habilitado ou estar em processo de aprovação do projeto. Entre os requisitos está o compromisso de atingir, no mínimo, 50% de cobertura da Estratégia Saúde da Família na abrangência de cada UPA, no prazo máximo de dois anos.

UPAS Bahía

UPAs (Unidades de Pronto Atendimento)

Fonte: http://portal.saude.gov.br/

Comentários (0)add comment

Escreva seu Comentário
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
menor | maior

security image
Escreva os caracteres mostrados


busy
 
Itororo.net, o site da cidade de Itororó, em Bahia (Brasil)
Restaurante e Pizzaria Vitrine
" O filho é o nosso coraçao que sai para outro corpo.

ã

"

Afrânio Peixoto


Get Adobe Flash player

Noticias Relacionadas

Ultimos comentarios

Eu usei capiloton era um produto muito bom eu tenha queda de cabelo por causa de produtos químicos usei usei capiloton ótimo
▸ 28/02/18 11:16 Mais...

Se alguém esta passando por isso e quiser saber como acabei com a minha coceira me manda um e-mail eu explico direitinho!
▸ 21/08/15 21:43 Mais...

Mas eu quero os nomes das tribos que vivem no DF >:(
▸ 02/03/15 14:06 Mais...

8)Olá! Sou o Evandro Neves, compositor, arranjador e produtor musical, atualmente estou trabalhando em um projeto pop rock, quem já ouviu...
▸ 11/09/14 15:11 Mais...

Visitas em nosso site

mod_vvisit_counterHoje :298
mod_vvisit_counterOntem :350
mod_vvisit_counterSemana :648
mod_vvisit_counterUltima Semana :2049
mod_vvisit_counterMês :4751
mod_vvisit_counterUltimo Mês :8754
mod_vvisit_counterTotal Visitas :2096927

Em linha: 21
Seu IP: 54.80.7.173
,
Hoje: 16-07-2018 15:33
SISTEMA DE RASTREAMENTO DE OBJETOS dos Correios

Itororó.net
Todos os direitos reservados.
 Copyright © 2007-2012 Itororó - BAHIA
  Política de PrivacidadeValidatión CSSValidatión XHTML 1.0Designed by
.