Itororo.net, o site da cidade de Itororó, em Bahia (Brasil)
Restaurante e Pizzaria Vitrine

Traduzir WEB

 Jun   Julho 2018   Ago

DSTQQSS
  1  2  3  4  5  6  7
  8  91011121314
15161718192021
22232425262728
293031 
Julianna Walker Willis Technology

O Tempo

O mais lido

Fome Zero
Doe sangue, doe vida

Denúncia o Desmatamento!

Vigie a Amazônia e proteste contra a destruição da floresta
DIGA NÃO a dengue e a malária
Banner
Monitored by eXternalTest
Nov
11
2009
Apagão deixou cidades do Brasil às escuras PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 
Noticias - Geral
Escrito por Itororó.net   
Um apagão de energia eléctrica atingiu esta noite São Paulo e Rio de Janeiro (capitais e interiores do Estado) e ainda Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás deixando o Brasil praticamente às escuras. O Paraguai também vive este apagao.

O Ministério de Minas e Energia ainda não se pronunciou oficialmente sobre as causas do apagão que atinge pelo menos cinco estados do Brasil, mas segundo a rádio do Rio de Janeiro, o mesmo Ministério já está a apurar os motivos de tal escuridão. De acordo com a Globonews o sistema hidroeléctrico de Itaipú (entre o Brasil e o Paraguai) teve um problema e precisou de ser desligado, o que poderá ter originado o apagão. Refere ainda que o operador nacional do sistema eléctrico (ONS) indicou que 17 mil megawatts estão fora de serviço.


No Rio de Janeiro muitos bairros estão às escuras e os bombeiros do Estado não param de receber chamadas de socorro, especialmente de pessoas presas em elevadores. O problema da falta de energia eléctrica prejudicou também a circulação de veículos nas principais vias da cidade, como a Avenida Brasil, devido ao não funcionamento dos semáforos. Nas habitações os electrodomésticos frigoríficos, televisores e aparelhos de ar-condicionado estão, naturalmente, desligados.

Em São Paulo, as estações de Metro estão fechadas. Na zona sul da cidade há muitas pessoas nas ruas à espera do restabelecimento da electricidade. Elementos da Companhia de Engenharia de Tráfego tentam orientar os condutores nas ruas completamente às escuras.

Apagão é destaque na mídia internacional 


O apagão que atingiu diversas regiões do Brasil na noite desta terça-feira foi assunto dos principais sites da mídia internacional. Entre os veículos que cobriram o assunto, estão BBC e The New York Times, El País, CNN, Telegraph e a agência de notícia Assocated Press.

O apagão atingiu os Estados do Rio de Janeiro - o mais atingido -, parte de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná e também o Paraguai em virtude de um desligamento completo da usina de Itaipu devido à falha das linhas abastecidas por Furnasna usina de Itaipu.

Com 20 unidades geradoras e 14 mil megawatts de potência instalada, a usina binacional de Itaipu fornece 19,3% da energia consumida no Brasil e abastece 87,3% do consumo paraguaio.

O New Yok Times, a BBC e a AP citam que as duas maiores cidades brasileiras foram atingidas pelo apagão. O espanhol El País aborda que milhões de pessoas foram afetadas. A rede de notícias CNN deu destaque em sua programação com um boletim urgente sobre a fala de energia.

Segundo o ministro, Itaipu já voltou a ser reenergizada e causas atmosféricas podem ter gerado o apagão. "Imagina-se que uma tempestade de grande intensidade possa ter contribuído para desligar as linhas de Itaipu e, por consequência, outras linhas saíram de funcionamento". O ministro de Minas e Energia disse que o Operador Nacional do Sistema (ONS) procura as causas, mas afirma que o mais importante é ressaltar o fornecimento de energia, do que descobrir os motivos da falha.

Ministro culpa temporal 


O ministro Edison Lobão, que concedeu entrevista em Brasília, confirmou que foram afetadas cidades em São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso do Sul e Goiás. Porém, moradores de Mato Grosso e Pernambuco também relataram falta de energia nos respectivos Estados. Também faltou energia no Paraguai.

Lobão disse que é possível que um temporal tenha provocado o desligamento da usina. "Questões atmosféricas, tempestades de grande intensidade, podem ter contribuído para desligar a linhas de Itaipu. Por consequência, pelo regime interligado, outras linhas saem de funcionamento", disse o ministro, ressaltando que o Estado do Rio de Janeiro é o mais prejudicado.
Lobão disse ainda que o abastecimento deve ser normalizado ainda nesta madrugada, mas que a causa real do problema só será conhecida durante a quarta-feira. "Nossa preocupação agora é reestabelecer a energia. Não é encontrar a razão do corte, que deve ter sido por fatores atmosféricos. Não tem nada a ver com o apagão de 2001", afirmou o ministro.

O presidente da hidrelétrica Itaipu Binacional, Jorge Samek, afirmou em entrevista coletiva em Brasília que houve avarias em uma ou duas linhas da usina. "Estamos trabalhando com todas as unidades geradoras trabalhando em vazio. Não tem nenhum problema na energia. No ponto de vista de geração não ocorreu problema. São cinco linhas que unem Itaipu ao grande centro, cujas linhas vão para São Paulo, neste processo deve ter ocorrido um grande vendaval, que fez com que uma ou duas linhas tivessem avarias", disse Samek.

"Há um sistema que faz com que as máquinas parem de transmitir energia. Neste momento (pouco antes da meia-noite), dois trechos já estão recuperados, e ainda falta recuperar um terceiro. Em 30 minutos devemos ter uma posição melhor para isolar a linha que teve avaria e assim voltar as outras linhas para a geração de energia", completou.

Samek mostrou que não havia precisão sobre o tamanho do problema. "Torço para que sejam no máximo duas linhas [com problema]. Quando uma delas tem avaria, desliga-se o sistema para que a gente possa recompor isso. Tivemos um temporal enorme aqui em Foz do Iguaçu, árvores foram arrancadas, mas ainda não tenho a exatidão de onde ocorreu o problema", afirmou.

Segundo a ONS (Operador Nacional do Sistema), foram perdidos 17 mil MW de potência, o que equivale à potência geral do Estado de São Paulo.

Confusão nas ruas



Na cidade de São Paulo, várias regiões registram falta de energia elétrica. Relatos de moradores apontam falta de luz na capital, no ABC paulista, no interior e no litoral do Estado. O UOL Notícias tentou contato diversas vezes com o serviço 24 horas da Eletropaulo, sem sucesso.

O metrô de São Paulo interrompeu o funcionamento e filas se formaram em algumas estações do metrô, como Tiradentes, Armênia e Luz. De acordo com a Defesa Civil de São Paulo, só estão com energia na capital paulista os locais onde há geradores. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, não há registro de ocorrências na cidade, mas a corporação recomenda que os moradores evitem sair às ruas. O Corpo de Bombeiros registrou, apenas na capital, 27 casos de pessoas presas em elevadores.

"Estava um caos para pegar ônibus, pois está sem metrô. Estava parecendo seis horas da tarde. A cidade está totalmente escura, sem semáforos, na rua só vemos a luz das velas nas casas. Não tinha nem táxi na rua, está todo mundo preso em casa", conta o jornalista Rodrigo Araújo, que estava na av. Paulista no momento do apagão.

Houve interrupção parcial de telefones fixos e celulares em algumas regiões atingidas pelo apagão.

No Rio de Janeiro, o problema prejudica a circulação de veículos nas principais vias da cidade, como a Linha Amarela, avenida Brasil e a ponte Rio-Niterói, devido à falta de funcionamento da sinalização.

O governador do Rio, Sérgio Cabral, que está em Brasília, disse que vai solicitar alerta máximo a Guarda Municipal na capital fluminense. Segundo Cabral, a medida é preventiva porque, apesar da falta de energia, a situação na cidade é tranquila.

Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, a energia começou a ser restabelecida por volta das 23h. Na cidade, três pessas ficaram presas em elevadores e uma caiu em um córrego e machucou o braço. As universidade dispensarem os alunos e o trânsitio ficou complicado.

O diretor técnico das Centrais Elétricas de Santa Catarina, Eduardo Sitônio, informou que no Estado foi percebida apenas uma oscilação de cerca de 5 segundos na rede e que não há registros de ocorrência de falta de energia.

Segundo o jornal paraguaio "La Nación", o fornecimento de energia elétrica ficou interrompido no país por cerca de 30 minutos entre 21h13 e 21h43 (horário local), mas já está normalizado.


Fonte: Sapo.pt , Noticias Terra , Noticias Uol
Comentários (0)add comment

Escreva seu Comentário
quote
bold
italicize
underline
strike
url
image
quote
quote
smile
wink
laugh
grin
angry
sad
shocked
cool
tongue
kiss
cry
menor | maior

security image
Escreva os caracteres mostrados


busy
 
Itororo.net, o site da cidade de Itororó, em Bahia (Brasil)
Restaurante e Pizzaria Vitrine
"
Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!
"

Machado de Assis


Noticias Relacionadas

Ultimos comentarios

Eu usei capiloton era um produto muito bom eu tenha queda de cabelo por causa de produtos químicos usei usei capiloton ótimo
▸ 28/02/18 11:16 Mais...

Se alguém esta passando por isso e quiser saber como acabei com a minha coceira me manda um e-mail eu explico direitinho!
▸ 21/08/15 21:43 Mais...

Mas eu quero os nomes das tribos que vivem no DF >:(
▸ 02/03/15 14:06 Mais...

8)Olá! Sou o Evandro Neves, compositor, arranjador e produtor musical, atualmente estou trabalhando em um projeto pop rock, quem já ouviu...
▸ 11/09/14 15:11 Mais...

Visitas em nosso site

mod_vvisit_counterHoje :297
mod_vvisit_counterOntem :350
mod_vvisit_counterSemana :647
mod_vvisit_counterUltima Semana :2049
mod_vvisit_counterMês :4750
mod_vvisit_counterUltimo Mês :8754
mod_vvisit_counterTotal Visitas :2096926

Em linha: 21
Seu IP: 54.80.7.173
,
Hoje: 16-07-2018 15:30
SISTEMA DE RASTREAMENTO DE OBJETOS dos Correios

Itororó.net
Todos os direitos reservados.
 Copyright © 2007-2012 Itororó - BAHIA
  Política de PrivacidadeValidatión CSSValidatión XHTML 1.0Designed by
.